Versos a amar...

Se ainda assim,houver escuros no absurdo,
diga-se de passagem que é saudade...
Ou seria crueldade e até mesmo a verdade?

Se ainda no rio ou no mar de féu, a correr riscos em ladrilhos já esquecidos no céu, poderia  pensar que já não importa mais hora?

Assim,pego-me a pensar na idade surda e nula,
a poetizar sonhos e versos a luz da lua.

Reponho-me em fatos felizes e rizonhos a 
escrever e argumetar os versos a amar...

                                       Milena Luf

Postagens mais visitadas deste blog

Mesmo se eu acordar...

Trechos...