Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Poema do fim de noite...

Se quiser falar ou mostrar,
se quiser ler para assim compreender,
se quiser vestir para não rir,
saiba que sempre estive aqui,
não a esperar mas por um 
sorriso a desmanchar...

Noites a pernoitar para assim 
meus pensamentos amar...

Deitar a esperar o sono a tardar 
e as lembranças a recordar...

                                             Milena Luf

Do lado de fora da janela

Já é hora,já não me importa.Oras, se tudo  ficou do lado de fora, para lá ou em noites de luar,
o quê da lua quê esperar?

Não é pelo dia,mas pela noite que tudo 
corrompe,até as palavaras mais sinceras 
que agora vejo,ficaram do lado de fora da janela.

                                              Miena Luf

Um simples versículo

Escrever versos ou um simples vercículo pois já não sei se faz parte de toda a arte mas 
cabe em meus pensanentos mais modernos e 
sinceros toda a saga que um dia será abraçada!

                                             Milena Luf

Poesia pensante

Meu amor sem ladrilhos 

que anda nos trilhos

seria lânguido,invisível...

Ou seria um amor plausível?

Permitido ou continuaria escondido

a fazer alusão à tudo o que é permitido?

Permaneceríamos em nossos próprios

                        caminhos ou 

ficaríamos a conter nosso  temido destino?

                      Milena Luf

Amor em tempo real...

Não é maldade,tão menos

a saudade que me invade,

mas pode ser todo o

tempo da realidade.
                              Milena Luf

Noite de autógrafos de Kátia Brunnetti - Damas de Ouro - 11/09/2012

Imagem
Noite de autógrafos e lançamento do livro"Damas de Ouro" (Kátia Brunetti")

Tarde inesquecível... 15/09/2013

Imagem
Tarde se autógrafos do livro "O mar das minhas ilusões"de Gasparino José Romão

Um pensamento amável

Quem sabe descubra-me mais afável?

Ou seria eu uma pessoa amável?

Seria isto possível se o amor não fosse invisível?

Ou se o amor fosse indiscreto,será que o mundo 

seria um pouco mais reto?

                     Milena Luf

Apenas um pensamento...

Sou uma mulher que que gosta de olhar e falar.

De ver para crer.De rir e sentir.

Gosto de ler e compreender.

De mirar e amar.

                           Milena Luf

Poesia ao luar...

Vou relançar o amor ,
voar até a lua,
alcançar as estrelas 
para a galaxia alcançar...

Ficar,sentir,amar...

Por toda a paixão,
jamais terei de pedir perdão.

Hoje permaneço forte como aço
e descobri que já não contento-me 
com um retrato,embora o amor 
premaneça mascarado.
                                 Milena Luf

Arrepios...

Não sei se é capaz de provocar arrepios
mas tenho alguns indícios de que tudo
é infinito,ou seria este um amor peregrino?
                     Milena Luf

O amor teria...

Não sei se é por mim ou para ti.

Se é belo ou discreto...

Lindo ou sincero...

Seria de momento,ou seria verdadeiro?

Teria a ida ou seria sem saída?

                              Milena Luf

Árdua madrugada...

Minhas palavras frustantes...

Ou seriam sintágmas relevantes?

Teriam razão,sucesso ou ficaria tudo 

desconexo?

Seriam frases a abrandar as tardes?

Ou ficariam em moitas a sentir a árdua 

madrugada?

                                      Milena Luf

Conversas comigo mesma

Nossas conversas vão muito além das palavras.

Vão muito além da direção e são capazes de 
atravessar toda nossa dimenção que é capaz de 
atravessar todas as palavras a formar um só 
coração.                                         Milena Luf