Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

Será o amor...

Já não comovo meu coração com 

conteúdos de amor...

Será o amor um prisão onde

sonhamos sem alguma razão?

O amor seria então território livre,

com palavras nem tão sensatas

mas que tecem as mais belas serenatas?

                            Milena Luf

Encantos a sonhar...

Não iludo-me mais com as palavras da paixão.
Não quero mais cair em precipícios 
ou em mundos bandidos.

Quero apenas uma chance que pode 
vir com o tempo e ir com o vento.

Quero a liberdade para sonhar
sem tréguas para amar.

Quero apenas vidas a viver 
e encantos a sonhar...

                                          Milena Luf

À espera do infinito...

Algo liberta-se em seu olhar...
Algo de insano,profano,
desconfortante,arrogante..


Olhar de beijos e becos.
De torturas e lamentos...



De desconfianças e alianças...
De destinos perdidos 
à espera do infinito...


Amor de praxes e saudades...

De risos infinitos...


                                     Milena Luf

Insônia alternativa

Minha insônia alternativa

que ainda insiste em paixões

rotativas que não invadem

o sonho 

mas transbordam no coração.



Milena Luf

Poesia de amor...

Ir e controlar

Minhas poesias de amor

enquanto esconde o coração

que fica com toda a emoção

apenas a rimar minhas poesias 

de amar...

                          Milena Luf

Um novo raiar...

Preciso ir...
Preciso deitar...
Preciso sonhar...

Preciso ir...

Preciso ler
Preciso agradecer...

Se preciso for,
sonharei com o nosso amor...

Se a manhã não chegar,
amanhã penso em um novo raiar... 

                                    Milena Luf

Amores que vêm...

           Meu amor é assim.

            Não é assado.

Milena Luf

O quê é o tempo?

Não quero e nem pretendo mais viver de sonhos ou fantasias e quero desfrutar de minhas alegrias.

Meus versos e palavras doces e que já encantaram aos montes,hoje alegram corações ambulantes ou sedentos de amor.

Sim,sim,sim!

Preciso de um mistério,de uma paixão e 
não preciso de privilégios.

Talvez eu precise de mais tempo.
Mas  o quê é o tempo?



Milena Luf

Bons ventos...

Bons sonhos trazem-me toda a realidade

e com amor e solenidade,

abro minhas portas a 

fim de matar toda a saudade...

Saudades do bem,saudades que vêm.

Amores que curam os atos que torturam.

                          Milena Luf


Sei que ainda espera
o meu alerta...

Sei de alguns redemoinhos
 que encontramos pelo caminho...

Cantinhos de pedras ou de feras.
De belas  paisagens que 
mesmo a todo o custo,
nos trazem o gosto da realidade.

Saudade cruel de um amor fiel...



                    Milena Luf

Muros e fantasias

Portas e janelas que escondem em cantos dobrados,abraços,dados e quem sabe um 
ritual,um frescor,um frisson,um amor...
Amor do tempo e por quê não do vento?

Talvez este amor pudesse nos trazer paz,
talvez pudesse criar uma grande confusão ou quem sabe notar uma grande paixão?

Cansei de amores prometidos ou daqueles que apenas causam arrepios que só causam ilusões.

Pode ser que a vida traga-me mais alguns momentos de alegria mas hoje digo que
cansei de tantos muros e fantasias.

Milena Luf

Ingressos baratos...

Lindos ou absurdos,

meus sonhos não são

clássicos e tão menos

podem ser vendidos

ou trocados por

ingressos baratos

e embora não

 os  julgue tão caros assim,

 decidi que posso 

e quero ser feliz...

E pode ser que um dia pretenda

deixar de lado 

os meus sonhos...

E por quê tudo parece ser

tão obscuro e medonho?

Qual seria o gosto desta poesia?

                                 Milena Luf

Frases que lancei...

Frases que lancei em mundos que nem eu mesma sei.

Sim,ainda acredito.Infinitamente acredito...

Se mais,não sei e acredito que meu amor 
possa ir além...

Frases,bobagens,pilantragens.

Amor e saudades...

Frases que revelam os amores que cegam.

Frases e tormentos que revelam os bons             

momentos,paixões,amores.

Palavras soltas que liberam o coração a tornar-

se,mesmo que por um só instante,o mais valente 

campeão.

                            Milena Luf

Sombras que lá deixei...

Imagem
Sombras que lá deixei
onde tudo é dom 
paciência ou simplesmente 
amor.

Amor que devora-me em doses 
de overdoses de paixão e em palavras 
que não perdem-se no vento a soprar e
esperar seu tempo.

 Que não vão na contra-mão a
esquecer de toda ilusão que 
um dia qualquer cicatrizaram as
 feridas já esquecidas.

                                           Milena Luf