Pedras na janela

Amor eu sou e
de bricadeira não estou.

É um amor de apegos
e não de medos de 
sentimentos intensos 
e verdadeiros.

Estaria contigo ou estaria comigo?

Onde foi que deixei a chave?
A chave do meu destino?Do meu coração?

Será que ficou nas pedras ou está na janela?

Quais seriam os ismos de procurar 
este amor entre discos?

Talvez,valha mais correr riscos e ir atrás.
                    
                                     Milena Luf



Postagens mais visitadas deste blog

Mesmo se eu acordar...

Já não sei mais..