Poema ao vento...

Não sei se estou sozinha e nem 

 se sigo meus sonhos à risca.

Não é por medo, tão menos sei se é por zêlo.

Não sei se deixo para lá ou se corro atrás

e por não querer petiscos,não arrisco.

Intuição,ilusão e medos!Será este meu enredo?

Determinação do tempo a concorrer com o vento?

                                                 Milena Luf


Postagens mais visitadas deste blog

Mesmo se eu acordar...

Trechos...