Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

O céu e as estrelas...

Confesso que não sei mais nem por onde 

começar...

Se estou no céu, nas estrelas ou no ar...

Pode ser amor.Pode ser ritimo.

Pode ser mágico.Pode ser lírico.

                                    Milena Luf

Latitudes de um coração poético

De frente ao mar,
ponho-me a acariciar
o vento e todo o ar que
remete em um olhar todo
amor a conquistar...
De frente ao vento,
remeto toda a glória em
uma só estória a surpreender,
lá na frente, um amor que nos contente.

                         Milena Luf

Romantic...

Coragem,amor,bravura ou seria apenas algo que se situa?
Sina,valentia,será que ainda está na minha?
Ou será que tudo transformou-se em rosas?
Amar ou não,já não é a questão...
pois vejo com exatidão de outrora que
já passou da hora e com isto meu coração
não mais chora...

                            Milena Luf

Pensamentos flutuantes II

Não sei se quero recorte 
e também não se quero que 
volte...Que volte o que voou...
Falando sério:quero mesmo o
 que ficou e jamais o que restou.

                             Milena Luf

Pensamentos flutuantes...

Bom é saber recuar para assim 
não decepcionar.
Bom é fazer da vida um caminho a trilhar 
para jamais desapontar.
Bom é sentir e ser sentido.
Bom é amar e ser entendido.
Mas bom mesmo é ter simetria
 para entender tudo o que foi 
importante um dia.
                          Milena Luf

Minha rasa paixão

Minha paixão raza
Que vem com o vento e me arrasa.
Seria esta um paixão? 
Um amor?Um sentimento?
Um furacão?
Teria cor e luz?
Teria a emergência da eminêcia?
Ou sobreviveria da inteligência?


                               Milena Luf

Apenas um pensamento

Por me conhecer tão bem,
às vezes nem me reconheço.

                                          Milena Luf

Rimas do amor...

Sem mar,sem rimas.Com amor e com liras. Com lua e o sol e com a presença do olhar e com a simplicidade a conquistar...
                             Milena Luf

Amar ou jogar...

Não pretendo dar-te explicações em nó
e notei que a vida é como um jogo de dominó
e se aprender-mos a jogar,certamente aprenderei a amar.Amar como um todo e de comum acordo.

                                Milena Luf

Pensamentos ambulantes

Não sei se quero que volte

pois não quero um simples retoque ou um
um simples toque de crueldade nos remete
à roda a calma da alma e aos furacaões
das imperfeições.
                          Milena Luf

Amor ao vento...

Ainda não sei ao certo o que quero,
o que me me agurda ou o que me espera.
Já não sei se mantenho resguardo
e contenho-me com as palavras ditas
ao vento que ficaram no tempo?

                   Milena Luf


Mundos dali

Por mim mesma descobri.

Descobri aquele amor dali,
sempre esteve presente aqui
porque depois que descobri tudo ali,
não quis mais saber dali.
                          Milena Luf

Motes dos amor

Já não sei se quero ou venero,

se é tormento se é ou se é do vento.

Pode ser que todo o escuro venha do absurdo.

Pode ser numa longa noite fria que eu faça a 

mais bela melodia...

Pode ser nem passe de um toque

mas todo amor merece um pouquinho 

de mote e uma pitada de poesia.

                                    Milena Luf

Amores e libídos

Meu amor não é temido,
quanto mais bandido 
mas se o tempo se destraísse,
tudo estaria perdido em paixões
e libidos.
                                Milena Luf

O amor e a lua

Razões do vento escuro que 

ficam escondidos no tempo,

acabam por desorientar 

toda a ordem de amar a cessar 

com a lua que lá está!

                                             Milena Luf

Boa noite

Sou com um poema antigo
pois não quero que 
sejas meu amigo,tão 
menos um martírio
em longas madrugadas de frio.

                                        Milena Luf

Segredos riscos e paródias.

Corri alguns riscos lindos,místicos,da alma.Já não sei mais.Não sei nem do que correr atrás,mas ainda assim o amor discorre em mim...
                             Milena Luf

Amor indiscreto

Já não sei se foi engano ou
 se foi um lindo plano ou 
mesmo uma tentativa de 
cicatrizar a ferida...

Também não sei se é certo 
ou incorreto,embora soubesse 
que meu amor é indiscreto.

                      Milena Luf


Ideias e livros

Onde estarão minhas ideias?
Meus discos?Meus livros?
Onde estaria você?
Meus timbres e vozes?
Meus laços,meus braços?

Onde estaria o amor
de relvas e de flechas?

Estaria este sentimento escondido
ou ficaria nos mecanismos dos sonhos
a completar um rito?

                                   Milena Luf