terça-feira, 4 de junho de 2013

Rumos do coração

Não sei perdi,se chorei,se me redimi 

dos atos falhos,se protesto

ou se julgo nossos atalhos.

Já perdi-me no tempo,

em horas e até em ventos.

Pode estar em galhos ou nos prórios atalhos.

Pode convencer-me como pode não ser.

Gritos a parte,já nem curto mais a solidão

que me abate pois é incrível a 

direção e os rumos


do coração.
                                                                 
             Milena Luf

                                


my blogs

Follow by Email

Postagens populares

Postagens populares