domingo, 2 de junho de 2013

A nossa arte...

Não há mais vícios no precipício.
Nem em montanhas e quase tudo 
é símbolo para os ares que ficaram
à parte.

Não é nem é um tipo de arte,
pois não é de meu desejo que se retrate.

Mas desejo com todo meu coração,
que não que se retrate,mas quero de volta 
toda nossa arte.

                           Milena Luf