Amores noturnos...

Qualquer coisa no mundo que possa parecer absurdo,

seria como andar de bicicleta numa viela escura e com 

um chão que tortura.

Não é um fato surdo,mas vive de murmurros que a qualquer

momento,do dia ou da noite,servem ou fervem

mesmo que o coração amoleça e as ideias estremeçam.

Mesmo que amanheça o dia,mesmo que entardeça,

mesmo que anoiteça é certo que o amor permança.

                                        Milena Luf

Postagens mais visitadas deste blog

Mesmo se eu acordar...

Trechos...