quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Tempos alentos...

Recriei o amor dos tempos e dos ventos.

Recriei o sentimento com a brisa e 

descartei as feridas.

Não sei nem ao menos do tempo...

E o quê seria do tempo nestes tempos alentos?

                                  Milena Luf

my blogs

Follow by Email

Postagens populares

Postagens populares