Amor à mercê...

Ah,meu coração de poetisa,

por quê me atiças?

Logo eu que ao invés de amar

ponho-me todas as noites a sonhar?

Sonhar com rostos e beijos que de tão 

insanos ficam a mercê dos anjos...

                       Milena Luf

Postagens mais visitadas deste blog

Mesmo se eu acordar...

Já não sei mais..