Não tenho medo do vento...

Minha poesia está no olhar...
no beco,no mar...
Está na sinfonia de cantar
e na prosa de amar...

Mesmo que o vento sopre ao contrário,
meu coração jamais será adversário.

Em sons e através das palavras,mantenho 
o amor mesmo que em fatos ou retratos.

Entendo-me ou questiono-me de ainda vale a pena
e depois lembro-me de que a alma não é pequena.

                               Milena Luf


Postagens mais visitadas deste blog

Mesmo se eu acordar...

Já não sei mais..