Ritos,razões e direções

Se ritos contínuos já não fazem tão bem à alma e ao coração,que tal mudar a direção?

E por que não mudar com o vento e a direção de um tufão?

Para que tanta liberdade se todos ficamos presos a uma só idade?

Será apenas por pura vaidade ou por quê tudo se nega e nada se entrega?

E por quê que o coração tem sempre de estar  preso à razão?

                                Milena Jane Maluf


Postagens mais visitadas deste blog

Mesmo se eu acordar...

Trechos...