quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Blogger: Um toque de poesia by Milena Luf / Poesia Alternativa - Blogger

Blogger: Um toque de poesia by Milena Luf / Poesia Alternativa - Blogger:

'Em ruas e avenidas

vejo que a vida torna-se

cada dia mais linda

ao lembrar da flor que

gerou o amor!
                                         
                                   Milena Luf

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Depende...

O amor não cala nem malda,
não tem caprichos e não fica
em precipícios.
O amor não depende de ti nem de mim
Depende do tempo.Ou depende de nós?

                                 Milena Luf

domingo, 12 de janeiro de 2014

Pensamentos apaixonantes..

Em pensamentos líricos e poéticos,
levo minha vida por caminhos que 
venero.

Levo em marolas e violas e em ruas a
deixar-me guiar pela luz da lua.

Tento ascender o fogo mas desisto a
 pensar que seria ingenuidade ou talvez 
maldade através de todo o sentimento 
que já independe de qualquer idade.

Caminhos ou precipícios,
já não interessam-me os vícios...

                         Milena Luf

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Novos tempos

O amor que existe em mim 

já não sei se é para ti.

Na solidão da chuva que cai 

em mim,descobri novas linhas,

novos horizontes,novos tempos 

e por quê não novos amores?

Pois se o dia clarear,por quê não

tentar novos rumos?E por quê 

não novos amores?
                             Milena Luf

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Peças ao amor...

O amor prega peças que

às veses tudo confessa.

E o que seria se

não estiveste aqui

junto a mim e 

a tudo o que 

se resume em ti?
  
                                       Milena Luf
                                 

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Não tenho medo do vento...

Minha poesia está no olhar...
no beco,no mar...
Está na sinfonia de cantar
e na prosa de amar...

Mesmo que o vento sopre ao contrário,
meu coração jamais será adversário.

Em sons e através das palavras,mantenho 
o amor mesmo que em fatos ou retratos.

Entendo-me ou questiono-me de ainda vale a pena
e depois lembro-me de que a alma não é pequena.

                               Milena Luf


my blogs

Follow by Email

Postagens populares

Postagens populares