Livre amor...

O amor sobreviveu de palavras ditas nas etrelinhas e palavras soltas no mundo que
até então vieram do coração.
Mania de ser ou estar,
de querer amar com o mais 
livre amor.
De estar ou apenas querer e não saber,
de refletir ou meramente sentir,
de trazer,ficar e amar...
E com ou sem direção, 
sigo à risca tudo que pertence ao meu coração.

                              Milena Luf

Postagens mais visitadas deste blog

Mesmo se eu acordar...

Trechos...